Cerejas

Junho 6, 2018 admin

Cerejas

Estamos na época das cerejas! Vermelhas, doces e suculentas, as cerejas fazem agora as delícias de miúdos e graúdos, sendo por vezes cometidos alguns excessos na sua ingestão.

No entanto a “cereja no topo do bolo”, é que esta é uma fruta com um relativo baixo valor energético, sendo que cerca de 10 pares das mesmas têm apenas 66 kcal, pelo que acaba por ser uma fruta com baixo teor de calorias, se consumida, claro, com moderação.

As cerejas, além de apresentarem baixo valor calórico, são também boas para a saúde, na medida em que são uma boa fonte de fibras, vitaminas e minerais, sendo que um dos seus maiores benefícios nutricionais reside na sua vasta quantidade de fitoquímicos com potencial anti- envelhecimento comprovado.

Uma porção de cerejas (cerca de 10 pares – 110g) fornece 231 mg de potássio, correspondendo a 11,6% da dose diária recomendada, tornando a cereja uma boa fonte. Apresenta, também, uma quantidade interessante de carotenoides (26,4 ug correspondendo a 3% da DDR de vitamina A), vitamina C (6,6mg correspondendo a 8% da DDR) e fibra, nomeadamente de pectinas (1,76mg correspondendo a 7% da DDR).

Estas características nutricionais dependem da variedade da cereja, do seu grau de maturação, entre outros fatores, pelo que deve escolher bem a cereja.

COMO ESCOLHER A MELHOR CEREJA:

Opte pelas mais carnudas e maduras. Devem estar limpas, com a pele firme, brilhante, inteira e sem golpes nem manchas. Os talos devem ser verdes e frescos, bem presos ao fruto, sem marcas nem bolor no ponto de união entre os dois.

COMO CONSERVAR:

Pode guardá-las no frigorífico, na zona mais fria, sem lavar nem tapar e podem durar até 2 semanas. Deve lavá-las apenas imediatamente antes de as consumir, colocando-as debaixo de água corrente, de modo a remover todos os vestígios de produtos químicos.

Caso queira, pode optar por congelar. Nesse caso, lave-as bem por baixo de água corrente a fim de remover os vestígios de produtos químicos, seque-as e congele-as em sacos de plástico. Podem durar até 8 meses.

COMO CONSUMIR:

Pode fazer bolos, tartes ou compotas, mas o ideal é saborear esta fruta ao natural e usufruir de todos os benefícios para a saúde que esta tem para lhe dar!